facebook tracking pixel
homem a fazer neurofeedback enquanto terapeuta olha para ele

Realidade Virtual

Clínica especializada no Porto

O QUE É A REALIDADE VIRTUAL?

A Realidade Virtual é uma técnica que auxilia no tratamento de várias perturbações de foro ansioso e/ou obsessivo. A eficácia da sua aplicação na intervenção psicológica tem vindo a ser progressivamente comprovada por estudos científicos ao longo de 20 anos, incluindo a sua combinação com a Terapia Cognitivo-Comportamental e Técnicas de relaxamento.

A Realidade Virtual rege-se pelos princípios da terapia expositiva, onde o cliente realiza sessões de exposição às dificuldades/situações temidas, entrando e explorando cenários virtuais que despoletam emoções, sensações fisiológicas, pensamentos e comportamentos semelhantes às situações reais. Estes cenários são percecionados pelo cérebro como uma aproximação da realidade, posto que tal como num filme, o cérebro imerge no cenário escolhido. Desta forma, a intervenção é feita nas sessões com realidade virtual e fora das sessões com exposição ao vivo, o que colmata as dificuldades associadas à exposição em imaginação, onde o cliente por vezes tem dificuldade em visualizar os cenários/situações. A Realidade Virtual é um complemento às técnicas de exposição tradicionalmente usadas na intervenção psicológica e a exposição é feita de forma hierárquica e gradual.

QUEM PODERÁ BENEFICIAR DE TRATAMENTO COM A REALIDADE VIRTUAL?

Todas as pessoas com dificuldades na gestão da ansiedade ou mesmo perturbações do foro ansiógeno podem beneficiar de tratamento com recurso à Realidade Virtual. Assim, o tratamento é possível para as seguintes questões clínicas:

  • Fobias específicas (ex.:  Animais, Andar de avião, Conduzir, Alturas, Agulhas)
  • Perturbação de Ansiedade Social;
  • Perturbação de Pânico;
  • Perturbação de Ansiedade;
  • Generalizada;
  • Agorafobia;
  • Hipocondria;
  • Claustrofobia;
  • Perturbação Obsessivo-Compulsiva;
  • Ansiedade aos testes/exames.
Todavia, a Realidade Virtual não é aconselhável para pessoas com diagnósticos clínicos como a epilepsia, vertigens, hipertensão, infeção auditiva e perturbação psicológica da saúde de elevada gravidade clínica, como a doença mental. Além disso, clientes em recuperação de pós-operatório e grávidas, também não devem realizar sessões com Realidade Virtual.

Agende agora a sua consulta

Ou se preferir, preencha o formulário em baixo e nós entraremos em contacto consigo.
Obrigado pelo seu pedido de marcação de consulta. Entraremos em contacto.
Ups! Alguma coisa correu mal a submeter o formulário, por favor tente de novo..