facebook tracking pixel
Perturbações de Aprendizagem

Perturbações de Aprendizagem

O QUE SÃO AS PERTURBAÇÕES DE APRENDIZAGEM?

A aprendizagem é uma combinação de capacidades tais como o processamento visual e auditivo, a atenção, a memória e a resolução de problemas, estando correlacionadas com diferentes regiões do cérebro.

As Perturbações de Aprendizagem denominam-se de acordo com o(s) tipo(s) de dificuldade(s) apresentada(s) pela criança, podendo verificar-se dificuldades na leitura, na escrita e/ou no cálculo. Estas perturbações salientam dificuldades no processo de aprendizagem, mas também conduzem a problemas emocionais.

As crianças com Perturbação de Aprendizagem tendem a revelar baixa autoestima, ansiedade e pouca persistência face às atividades de foro académico, o que pode culminar em comportamentos de resistência ou mesmo desistência/evitamento em tarefas que as confrontam com as dificuldades. No entanto, deve ser tido em conta que as crianças não diferem dos seus colegas no que diz respeito ao desejo de estudar e aprender, mas têm diferentes necessidades que precisam ser colmatadas.

SINTOMAS MAIS COMUNS DAS PERTURBAÇÕES DE APRENDIZAGEM

SINTOMAS MAIS COMUNS DAS PERTURBAÇÕES DE APRENDIZAGEM

Na leitura (Dislexia)

  • Dificuldade na leitura: lenta, imprecisa e pouco fluente;
  • Dificuldade na compreensão do texto/enunciado escrito, conduzindo à confusão na interpretação de instruções
  • Dificuldade em converter o pensamento em discurso;
  • Tendência para discurso intermitente (“falar aos solavancos”);
  • Tendência para ser rotulado como “pouco inteligente” e “pouco esforçado”;
  • Tendência para discurso intermitente (“falar aos solavancos”);
  • Predisposição para conceber assuntos de estudo e aprendizagem como excessivamente desafiantes;
  • Manifestação de tonturas e dores de cabeça durante a leitura;
  • Aparentes dificuldades ao nível da visão, não justificadas ou validadas por exames oftalmológicos;
  • Problemas de memória para sequências numéricas ou alfabéticas, factos e informação não previamente aprendida.

Na escrita (Disortografia e Disgrafia)

  • Identificação de múltiplos erros ortográficos, gramaticais e/ou de pontuação dentro das frases;
  • Expressão escrita de ideias e respostas desorganizada e pouco clara;Dificuldade na organização de parágrafos;
  • Predisposição para conceber assuntos de estudo e aprendizagem como excessivamente desafiantes;
  • Dificuldades na motricidade fina, associada ao grafismo e à pega do material de escrita e de recorte.

No cálculo (Discalculia)

  • Dificuldades no domínio do sentido dos números;
  • Dificuldades no cálculo mental simples;
  • Dificuldade em converter o pensamento em discurso;
  • Dificuldades na aplicação de factos numéricos e de cálculo;
  • Dificuldades com o raciocínio matemático;
  • Contar pelos dedos e perder-se no cálculo.
  • Manifestação de tonturas e dores de cabeça durante a leitura;

COMO PODEMOS INTERVIR NAS PERTURBAÇÕES DE APRENDIZAGEM?

As dificuldades na aprendizagem variam entre indivíduos e portanto, o diagnóstico e o tratamento devem ser elaborados de forma a atender às características idiossincráticas.

Na Clínica NeuroImprove, além da avaliação neuropsicológica que avalia a presença e a severidade das dificuldades de aprendizagem, também avaliamos a atividade cerebral através do Eletroencefalograma quantitativo. Com a combinação de toda a informação obtida, elaboramos um plano de tratamento personalizado e focado nas necessidades e capacidades de cada criança/jovem.

A terapia de Neurofeedback permitirá reduzir não só o stress e ansiedade, conduzindo a uma melhoria na compreensão oral e escrita, como também promover a capacidade atencional e assim, fomentar melhorias significativas, incluindo na autoestima da criança/jovem. Por sua vez, as sessões de Psicologia permitirão a reeducação das áreas em dificuldade e a promoção do equilíbrio emocional. O objetivo final é a melhoria acentuada das dificuldades nas esferas escolar, social e familiar.

COMO PODEMOS INTERVIR NAS PERTURBAÇÕES DE APRENDIZAGEM?

Descubra como o Neurofeedback funciona.

Exercício cerebral gradual de auto aprendizagem e auto-regulação.
Permite treinar e melhorar as funções cerebrais, através do qual o cérebro reajusta padrões de comportamento e aprende a funcionar de uma forma mais eficiente.

Benefícios

icon que representa objetivo

Técnica completamente segura, indolor e não invasiva

icon que representa tempo

Primeiros resultados  em apenas 1 mês

icon que representa objetivo

Eficácia de mais de 70%  nos tratamentos

icon que representa sem efeitos secundários

 Tratamento sem efeitos  secundários

icon que representa progresso

 Melhoria significativa na qualidade de vida

icon que representa ideia

 Alternativa  à medicação

Agende agora a sua consulta

Ou se preferir, preencha o formulário em baixo e nós entraremos em contacto consigo.
Obrigado pelo seu pedido de marcação de consulta. Entraremos em contacto
Ups! Alguma coisa correu mal a submeter o formulário, por favor tente de novo.